O PATO SELVAGEM | 23 de Setembro

Pato_selvagem_1_510_300
Inserir fotoS
442 visualizações
Centro Cultural Vila Flor – Grande Auditório
Avenida D. Afonso Henriques, 701
4810-431 Guimarães

 
 
+351 253 424700
http://www.ccvf.pt
21h30
 
 
Escrita por Henrik Ibsen, “O Pato Selvagem” é uma peça que aborda a importância da “mentira vital”. É preferível a verdade que destrói ou a mentira que nos mantém à tona?

Um elenco de luxo dá vida ao icónico texto de Henrik Ibsen, “O Pato Selvagem”, escrito em 1884, que surge agora em cena pela apurada visão estética do encenador Tiago Guedes. A peça gira em torno de várias questões morais que a todos assolam e que fazem parte do quotidiano. O que será melhor? Viver em harmonia sob a fina película de uma mentira ou sofrer com a realidade de uma verdade que tudo põe em causa? O texto de Ibsen, aqui com a brilhante encenação de Tiago Guedes, usa a metáfora do pato que, depois de ferido, mergulha num lago agarrando-se às algas do fundo para não mais voltar à superfície. O pato escolhe assim morrer a sobreviver ferido. Considerado por muitos o melhor e mais profundo texto de Henrik Ibsen, “O Pato Selvagem” é uma peça imperdível, carregada de simbolismo, que questiona o significado da verdade nas nossas vidas.

Henrik Ibsen's “The Wild Duck” is a play which deals with the importance of “the life-saving lie.” What is better – to hear the truth which will destroy everything or to unmask the lie which keeps us all afloat?
A talented cast will bring to life Henrik Ibsen's iconic play, written in 1884, “The Wild Duck,” presented on stage via director Tiago Guedes' keen aesthetic vision. The play deals with the various moral questions which afflict us all and are part of our daily lives. What is better – to live in harmony under the delicate veneer of a lie or to suffer the reality of a truth which puts everything in jeopardy? Ibsen's play, brilliantly directed by Tiago Guedes, uses the metaphor of the duck which, after being injured, dives to the bottom of a lake wanting to become entangled in the underwater weeds. The duck prefers to drown itself than to live a crippled life. Henrik Ibsen’s “The Wild Duck,” considered by many to be the playwright's best and most profound work, is a play not to be missed, infused with symbolism which questions the true meaning of our lives.
 
BILHETES
10,00 EUR / 7,50 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante
Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
 
 

Outras Sugestões

Próximos

Acesso a ProfissionaisRegistar-se
 
Câmara Municipal de Guimarães - Turismo spacer.pngTripadvisor
Largo Cónego José Maria Gomes, 4800 - 419 Guimarães | tel. 351 253 421 221 / 233 | fax. 351 253 515 134 | e-mail. info@guimaraesturismo.com spacer.pngOpiniões sobre Guimarães
spacer.png